Historico

A feira de Móveis das regiões Norte e Nordeste – Movelnorte nasceu da Fecoimp - Feira de Comércio e Indústria de Imperatriz, com o objetivo de promover negócios entre lojistas do setor, visando aquecer o mercado na região. A realização é do Sindicato das Indústrias Moveleiras de Imperatriz e Região (Sindimir).

1ª edição

Entre os dias 23 e 25 de agosto de 2006, quando foi realizada a primeira edição do evento, cerca de cinco mil pessoas compareceram, entre lojistas, importadores, representantes, arquitetos e designers. O evento promoveu a realização de negócios na ordem de R$ 40 milhões e contou com 44 expositores.  Segundo o presidente do Sindimir, na época, José Raimundo Sarmento, a estreia superou as expectativas e impulsionou o sindicato e as indústrias para a realização da segunda edição

 

2ª edição

A segunda edição, realizada entre os dias 19 e 22 de agosto de 2008, contou com 45 expositores e mais de cinco mil visitantes. Desse número, mais da metade eram lojistas. Nesse ano, os expositores investiram mais nos estandes, deixando o evento mais sofisticado.

 

3ª edição

Em 2010, entre os dias 17 e 20 de agosto, a feira recebeu cerca de 6 mil visitantes e fomentou bons negócios no curto e médio prazos. O evento contou com 40 expositores e agradou fabricantes e compradores.

 

4ª edição

Já em 2012, entre os dias 21 e 24 de agosto, nove mil pessoas passaram pelos corredores da Movelnorte, e foram mais de R$ 60 milhões em negócios realizados. A feira tornou-se um grande evento do setor moveleiro, fortalecendo o empreendedor local e o sucesso se confirma pela grande procura de expositores de vários estados para participar do evento a cada nova edição.

 

5ª edição

Em 2014 a Movelnorte foi realizada entre os dias 22 e 25 de julho e contou com a ampliação da área de exposição, que atingiu 6 mil metros. O número de expositores aumento e, com isso, a oferta de produtos foi diversificada. O público visitante superou 9 mil profissionais do setor e a realização de negócios novamente foi estimada na casa dos R$ 60 milhões.